Vinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo SliderVinaora Nivo Slider

O Curso Técnico em Negócios Imobiliários da Faculdade Isepe-Guaratuba, segue de vento em popa, preparando futuros profissionais para atuar com conhecimento e responsabilidade. O mercado imobiliário é um dos atingidos pela crise econômica no país, a qual levou dentre outras, ao crescente número de desemprego e a perda do poder de compra.

O ramo imobiliário também foi afetado pela queda na credibilidade dos negócios, colocando em dúvida incorporadoras e construtoras, quando estas, por exemplo, deixam de cumprir suas obrigações e sofrem execução por dívidas fiscais ou previdenciárias, ou são atingidas pela falência. A incorporação é um negócio jurídico onde uma das partes, no caso a incorporadora, se compromete a promover e realizar uma construção imobiliária, alienando as frações correspondentes ao terreno e vinculadas a unidades vendidas, à uma ou mais pessoas que pagam o preço ajustado. No Brasil existem casos onde as obras programadas não foram concluídas; unidades vendidas não entregues aos legítimos proprietários; ou ainda, compradores responsabilizados pelas dívidas das empresas incorporadoras. Objetivando garantir segurança jurídica para as partes envolvidas em negócios que envolvam incorporação imobiliária, a Lei 10.931/04 alterou a antiga Lei 4.591/64 (das incorporações imobiliárias), incluindo um capítulo sobre “Patrimônio de Afetação”. Essa norma produziu um importante marco no setor, permitindo que a incorporação seja submetida a um regime próprio, separando o objeto de incorporação imobiliária (a propriedade e seus acessórios), do patrimônio do incorporador. Ao proteger o negócio e conferir-lhe transparência e credibilidade, a norma em questão atende o interesse de todos os envolvidos. Esse, dentre outros, são temas tratados no Curso Técnico Imobiliário no Isepe-Guaratuba.

 

Prof. Jonas Maciel
DRT 0010332/PR

CENTRAL DE ESTÁGIO

 

O início de uma oportunidade de trabalho

Para auxiliar os futuros profissionais a ingressar no Mercado de Trabalho, A Faculdade ISEPE disponibiliza aos seus acadêmicos a Central de Estágios. É através do Estagio Supervisionado que o acadêmico, antes mesmo de estar formado, já é preparado para a atividade profissional. As empresas, os órgãos da administração pública e os profissionais liberais de nível superior podem contratar estagiários. Segundo o Centro de Integração Empresa-Escola, o número de vagas de estágio cresceu 13% no primeiro semestre de 2018, em relação ao ano passado. Atualmente são quase 370 mil estagiários em todo o Brasil que buscam a efetivação no final da faculdade. São muitas as vantagens que o estágio oferece, não somente ao aluno estagiando, mas também às empresas que oportunizam o estágio.

O que é preciso para realizar o estágio?

a) Criar o vínculo da empresa com a instituição de ensino, através do Termo de Convênio; b) Preenchimento da Ficha cadastral pelo aluno e empresa concedente do Estágio; c) Formalizar o Termo de Compromisso e Plano de Estágio, conforme a Lei do estágio; d) Contratação de apólice de um Seguro de Vida, contra acidentes pessoais, para o estagiário pela Empresa Concedente, caso seja o Estágio Não Obrigatório; em se tratando de Estágio Obrigatório cabe a instituição de ensino a contração do seguro de vida; e) Assinatura dos termos pelas partes envolvidas: Instituição de Ensino, Estagiário e Empresa. Informações: Ligue na Coordenação de Estágio, fone 3442-8505.

VESTIBULAR AGENDADO 2018

Continuam abertas até o próximo dia 10 de agosto, as inscrições para o Vestibular Agendado na Faculdade ISEPE. Garanta o seu futuro profissional! Administração, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia de Produção, Pedagogia e Tecnologia em Negócios Imobiliários. Faça sua inscrição, agende sua prova e pague a inscrição no dia da prova.  

ISEPE a sua Faculdade no Litoral!

Prof. Jonas Maciel

DRT 0010332/PR                       

CURTA E ACOMPANHE

 

QUALIDADE E TRADIÇÃO

 

  • 4 Direito
  • 4 Administração


Como resultado dos esforços desenvolvidos, o ISEPE Guaratuba obteve do MEC Conceito 4, para os cursos de Direito e Administração, numa tabela de avaliação de 1 a 5. Os outros cursos ainda contam com Conceito 3.

 

Sobre o ISEPE